staff.
links.
adwards.
Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit. Aenean commodo ligula eget dolor. Aenean massa. Cum sociis natoque penatibus et magnis dis parturient montes, nascetur ridiculus mus. Donec quam felis, ultricies nec, pellentesque eu, pretium quis, sem. Nulla consequat massa quis enim. Donec pede justo, fringilla vel, aliquet nec, vulputate eget, arcu. In enim justo, rhoncus ut, imperdiet a, venenatis vitae, justo. Nullam dictum felis eu pede mollis pretium. Integer tincidunt. Cras dapibus. Vivamus elementum semper nisi. Aenean vulputate eleifend tellus. Aenean leo ligula, porttitor eu, consequat vitae, eleifend ac, enim. Aliquam lorem ante, dapibus in, viverra quis, feugiat a, tellus. Phasellus viverra nulla ut metus varius laoreet. Quisque rutrum. Aenean imperdiet. Etiam ultricies nisi vel augue. Curabitur ullamcorper ultricies nisi. Nam eget dui. Etiam rhoncus. Maecenas tempus, tellus eget condimentum rhoncus, sem quam semper libero, sit amet adipiscing sem neque sed ipsum. Nam quam nunc, blandit vel, luctus pulvinar, hendrerit id, lorem. Maecenas nec odio et ante tincidunt tempus. Donec vitae sapien ut libero venenatis faucibus. Nullam quis ante. Etiam sit amet orci eget eros faucibus tincidunt. Duis leo. Sed fringilla mauris sit amet nibh. Donec sodales sagittis magna. Sed consequat, leo eget bibendum sodales, augue velit cursus nunc,
GRANDMASTER
HUM4N
link#
link#
link#
link#
link#
link#
link#
link#
link#
link#
pues los premios

[Campo de Treinamento] Maquiavel

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Convidado
Convidado está


Mensagem por Convidado em Qua Ago 24, 2016 9:31 pm


O local de Treinamento individual de Maquiavel fica no pico de uma das muitas montanhas que ficam ao fundo de sua vila. Em geral, a mesma é uma das menores montanhas que se pode encontrar e oferece o silencio e solidão que o mesmo já estar acostumado.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Convidado
Convidado está


Mensagem por Convidado em Sab Ago 27, 2016 7:01 am

O ar é pesado. Escolher um local tão alto como o pico de uma montanha possui suas desvantagens. Por mais que seja silencioso e sem chance de sofrer uma interrupção, o longo caminho que fiz até aqui foi mais do que o suficiente para acabar com o vigor de minhas pernas. Sem opções, me joguei no chão frio dessa superfice sem medo de estregar o conteúdo de minha mochila no processo.
Cai de costas, certamente amassando os pergaminhos que trouxe da biblioteca. Como um leitor avido, não houve nenhuma complicação para eu os alugar por uma pequena tarde. Eram um total de quatro, todos discursando sobre técnicas.
Os minutos passaram, decidi me sentar em um movimento sem pressa e retirar o primeiro dos pergaminhos que, como eu já havia previsto anteriormente, estava com suas pontas amaçadas e deformadas pelo baque repentino que sofreram.  O abri com meus dedos ironicamente cautelosos e li, silenciosamente e objetivamente, as informações sobre o chamado Jutsu de paralisia. Um ninjutsu que, em sua teoria, usaria um controle eximido de Chakra para formas fios invisíveis ao olho nu que prenderiam seu alvo por um tempo limitado.
Inicialmente, levanto - me com os olhos frios, de algum que não aceita que nenhuma distração o pudesse tirar do plumo agora. Respiro e aspiro de maneira lenta, com olhos cerrados enquanto buscava concentrar minha energia em volta de meus dedos. Gradativamente, linhas de cor azulada podiam ser vistas sendo formadas a partir de meus dedos. Os fios podiam até mesmo parecer firmes e fortes entretanto, não havia nada de invisíveis neles.
A técnica ainda não estava perfeita.
Com um olhar frio abri mais meus olhos, vendo melhor os fios que criei. Os observei mudo por alguns minutos antes de finalmente decidir concentrar meus pensamentos em um único e singular objetivo: Diminuir a visibilidade do Chakra.
Continuei com a respiração, como se tudo aquilo não passasse de uma simples meditação, Segundos se passaram e minutos se formaram. A medida que eu mergulhava cada vez mais nas respirações e pensamentos, o fio se tornava cada vez mais denso. Chegando praticamente a uma invisibilidade para os padrões de olhos comuns.
Agora, só me faltava uma cobaia para servir como alvo.
Por sorte, pássaros voavam nas proximidades e ignorando um pouco o senso comum de crueldade, conclui que a saída era testar em um deles. Não demorou muito para que eu chegasse perto de um, o suficiente para colocar minhas cordas, controladas pelos dedos de minha mão direita, enrolados pelo seu corpo sem muito força. Apenas para testar e ver que por alguns segundos, agonizantes para ele, seu corpo não o obedecia.
E em instantes ele voou, assustado já livre do Jutsu.  
Jutsu Treinado:

Kanashibari no Jutsu
(Jutsu de Paralisia)
Quem Usa: ANBU, Orochimaru e Fuuka
Rank: D
Distância: Curta
Descrição: Uma técnica em que restringe um inimigo fisicamente como se ele estivesse amarrado por fios invisíveis. A técnica dura por muito pouco tempo, cerca de meio minuto, tempo o suficiente para o usuário contra - atacar ou fugir. Pode ser usada em vários inimigos simultaneamente, mas para manter o Jutsu uma quantidade de Chakra maior é utilizada.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Convidado
Convidado está


Mensagem por Convidado em Dom Ago 28, 2016 7:39 pm

Enquanto via a ave indo embora sentei - me sem pressa. Suspirando lentamente e reavendo um pouco de minha força antes de continuar o aprendizado. Minutos se passaram, em minha mão se encontrava o segundo pergaminho. Desta vez, de uma arte que conheço muito bem: Genjutsu.
Abri - ló para ver palavras diante de meus olhos, as li detalhadamente. Analisando cada detalhe, tentando entender até a mais profunda entranha dessa técnica que, em termos brutos, era bastante simples e entretanto, poderia ser bastante útil se usado de maneiras criativas.  Basicamente, uma ilusão de área. Ativada quando alguém entra em seu raio de ação, nublando seus sentidos para verem algo que não existe ou falso. Suponho que é desses fatos que essa técnica recebeu o nome de: Ilusão Demoníaca - Técnica do Disfarce da Folha.
Primeiramente, continuo sentado sentido o chão frio tocar minha pele aquecida e coloco o pergaminho de volta em minha mochila. Fecho os olhos novamente, fazendo os selos de mão mesmo sem ver com calma e objetividade. Repito o processo incontáveis vezes e simultaneamente, regulo gradativamente minha energia para entrar em pleno equilíbrio, usando os selos de mão com um mero guia e facilitador do processo.
Um tempo se passou e eu abre novamente meus olhos, agora sentindo o chakra de meu corpo equilibrado posso ir para a segunda etapa.
Começo a imaginar como quero que a ilusão seja. Um processo certamente delicado que um simples erro pode inutilizar a técnica.ou fazer a mesma ir para caminhos que não planejei. Inicialmente tenho dificuldades em filtrar os sons do exterior, os pássaros voando e cantando, os ventos frios soprando e batendo em minha face.
Porém, com o passar dos segundos, minha concentração praticamente sobrenatural começa a agir e aos poucos, meus sentidos começam a filtrar o que querem ver e sentir da realidade. Em seguida, em minha mente crio a imagem de uma parede, um muro, grande o suficiente para alcançar algumas nuvens baixas no céu.  Vale ressaltar que o muro não tem nada de muito artístico sendo, em uma fala bruta, uma grande parede vermelha.
Com essa imagem fervilhando em meus pensamentos, faço os selos de mão da técnica mais uma vez e lanço meu chakra, a ilusão, alguns metros do que seria minha frente. As aves que voaram em direção aonde estaria esse muro paravam subitamente, como se tivesse algo as impedindo de continuar sua rota, e buscavam outro caminho e alguns ficavam parados, confusos, sem saber o que fazerem.
Alguns instantes depois disfarço o Jutsu, deixando o resto dos pássaros continuar sua vida normalmente.
Jutsu Treinado:

Magen • Kokuni Arazu no Jutsu
(Ilusão Demoníaca • Técnica do Disfarce da Folha)
Quem Usa: Oboro, Kotetsu Hagane
Rank: D
Descrição: Uma técnica de ilusão que disfarça os arredores como algo mais.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Convidado
Convidado está


Mensagem por Convidado em Seg Ago 29, 2016 3:13 am

Um pouco cansado, meu olhar frio continua a medida que observo os pássaros continuarem suas vidas normalmente, quase que ignorado o fenômeno estranho que aconteceu ao pouco. Sentado, olho de relance para as nuvens, percebendo que as mesmas começaram a escurecer. Um indicativo claro que meu tempo deve estar se esgotando e logo terei que devolver esses pergaminhos para a biblioteca. Devo ter passado boas horas aqui,
Com o terceiro papel em mãos, começo a ler o mesmo. Já banalizando o fato do mesmo ter suas pontas amassadas devido o meu primeiro movimento nesse treinamento. Minha face introspectiva poderia assustar qualquer um que estivesse aqui, acredito. A frieza que emana em meu olhar e a objetividade que guia cada linha de leitura poderia dar orgulho até mesmo no membro mais frio e focado da ANBU.
Em tese, eu iria treinar o Kasumi Juuha no Jutsu. Um genjutsu que, de maneira bruta, é capaz de criar clones ilusórios de aparência única incapazes de serem destruídos por golpes físicos e, em contra partida, não possuem nenhuma habilidade ofensiva.
Inicialmente, concentro minha energia, a equilibrando a medida que controlo o ir e vim da minha respiração. Meu taleto natural para o Controle de Chakra me favorece nesses casos entretanto, depois de uma tarde de treinos até um controlador refinado começa a sentir um desgasto físico e mental. Porém, nenhum sinal dessa fadiga consegue escapar de minha expressão séria e, ao mesmo tempo, cheia de indiferença.
Mesmo percebendo os primórdios de uma exaustão em meus músculos já rígidos, minha mente não se altera no que diz respeito ao seu foco. Com o som das aves assobiando pelos arredores, não é difícil achar uma cobaia para minha próxima prática. Escolho aquela que voa alguns centimilímetros acima de mim, concentrando - me em sua direção, em sua existência que alguns instantes antes era pacifica e pacata.
Fecho meus olhos, focando - me apenas em sentir minha própria energia em harmônia por alguns poucos segundos antes de, lentamente, começar a estender a mesma até o sistema nevoso de meu alvo voador. Um processo de segundos, logo eu estava livre para começar a colocar a ilusão na ativa. Começo a desequilibrar sua energia interna, afetando gradualmente seus sentidos colocando enfase no que diz respeito a visão.
Logo suspiro, acreditando por um breve momento que o processo não funcionou. Abri os olhos e vi, sem saber se aquilo era ao certo crueldade ou genialidade, a pequena criatura com medo e querendo atacar o vento violentamente. Instantaneamente percebi, ela estava vendo clones. Sentindo os clones na proximidade e querendo se defender da ameaça que engana seus olhos.
Disfarço o Jutsu e assisto a ave se acalmar aos poucos e sair voando. Provavelmente seus instintos não entenderam o que aconteceu e nunca entenderá.
Jutsu Treinado:

Kasumi Juuha no Jutsu
(Técnica do Servo de Bruma)
Quem Usa: Oboro, Mubi e Kagari
Rank: D
Descrição: Técnica usada pelos três Genins da Vila Oculta da Chuva, onde eles criam clones pretos, que quando são atingidos não se desfazem, porem não atacam

Voltar ao Topo Ir em baixo

Convidado
Convidado está


Mensagem por Convidado em Seg Ago 29, 2016 4:41 am

Vejo as nuvens, percebendo que a maioria já desapareceu num céu que se tornou noturno. Minha face gelada assisti quando a maioria das aves começa a ir para longe, deixando - me sozinho para ser abalado por um gentil silêncio. Mesmo sentado, sinto minhas pernas doerem. Reclamando com antecedência, se queixado, que em breve devem descer essa montanha em pé.
Pelo menos, só falta um Jutsu,
Pego o pergaminho em minha mochila, o mesmo estava no fundo. Distante dos demais e bem próximo da minha garrafa de água. Por sorte, o mesmo não se encontra molhado ou mesmo úmido. O abro, lendo bastante rapidamente e ainda sim, detalhadamente. Entender a parte teórica da tecnita não será o desafio mas sim, acertar na prática a quantidade de Chakra que devo usar enquanto minha mente e o meu corpo não estão claramente seu melhor.
A Técnica de Ocultação na Névoa é uma assinatura de minha vila, tendo uma utilidade inextinguível para estrategistas e táticos. Levanto - me, sabendo que para utiliza - ló precisarei de bastante concentração e controle. Minha respiração se encontra serena e meus pensamentos, apesar de cansados, se mostram claros perante seu objetivo como é de sua natureza. Faço o selos de mão, como uma forma de já ir me acostumando enquanto, calmamente, começo a regular minha energia. Com cuidado para a mesma não fugir do controle, não ser desmaiada.
Não demorou tanto quanto eu esperava, acredito que a pratica com os outros Jutsus hoje acabou facilitando essa primeira etapa.
Agora, ajoelho - me sem fazer cerimônia, pegando minha garrafa de água da mochila antes de derramar um pouco na mesma nesse solo e deixa - lá ao lado de meus pés, caso eu precise repetir esse processo mais vezes no futuro. Como é um Jutsu do elemento água, tendo uma fonte próxima, teoricamente iria agilizar fazer a técnica com exito.
Faço os selos de mão com relativa velocidade e água levantar - se transformando em um instante fugaz em uma nevoa pouco densa que cerca - me por poucos segundos antes de desaparecer sem deixar praticamente nenhum rastro.
Meu erro foi a pouca quantidade de Chakra que apliquei na execução.
Respiro, fechando mais uma vez meus olhos. Abrancando a escuridão focando em minha respiração lenta e sistemática. Sinto meu Chakra girando dentro de mim, fluindo em minhas veias. Se equilibrando mais uma vez em meu interior.
Então, indiferentemente, derramo mais um pouco de minha água no chão.
Faço os selos de mão normalmente e então, segundos depois, vejo uma nevoa densa se formando e se alastrando ao meu redor. Um pouco pequena pela quantidade de água que usei como fonte entretanto, era mais do que uma boa execução de uma técnica.
Exausto, mesmo sem demonstrar para o exterior em meu rosto, guardo os pergaminhos e a garrafa em minha mochila antes de coloca - lá em minhas costas e comecei a descer a montanha lentamente, tendo meu caminho iluminado pelas estrelas da noite.
Fim do Treinamento Semanal

Jutsu Treinado:

Ninpou - Kirigakure no Jutsu
(Arte Ninja - Técnica da Ocultação na Névoa)
Quem Usa: Hatake Kakashi, Momochi Zabuza, Hoshigaki Kisame, Kurosuki Raiga
Rank: D
Primeira Aparição: Episódio 7 Naruto Clássico
Nota: Raiga só usa no anime
Descrição: O ninja cria uma névoa intensa, deixando o inimigo com visibilidade zero, vulnerável a ataques.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Convidado
Convidado está


Mensagem por Convidado em Seg Set 12, 2016 12:47 am

Subir para as montanhas ainda é algo bastante desagradável. Meus pés se cansam, por mais que eu tenha escolhido a menor como campo de meu treinamento solitário. O som dos pássaros me dar as boas vindas a medida que me aproximo do topo rochoso e gelado. Algo que me agrada, faz - me sentar sem pensar duas vezes e suspirar rapidamente. Há uma demora para minha respiração se normalizar antes que eu começar a estudar os pergaminhos que aluguei na biblioteca.  
Era um treinamento de um nível que não estava acostumado, isso era um fato visível apenas pela quantidade de informações complexas que coloquei os olhos logo no primeiro pergaminho. Esse meu treinamento é completamente voltado para as artes ilusórias. Ou seja, genjutsu. Talvez, pela minha aptidão natural por essa área, não demorei horrores para compreender os mecanismos da técnica que iria aprender.
Magen • Jigoku Kouka no Jutsu é, em linhas gerais, uma ilusão tão forte e complexa que os sentidos iludem sua própria mente e consciência, fazendo sentir e acreditar na dor de uma bola de fogo indo em sua direção e queimando sua carne e ossos de uma maneira tão intensa que a farsa se confunde com a realidade.
Como de costume, observo os arredores. Ouvindo o som dos pássaros dançar em meus ouvidos antes de, friamente, escolher um aleatório para ser minha cobaia. O olho em um primeiro momento com um foco que para muitos poderia ser assustador, contemplando e anotando cada detalhe empírico de seu ser antes de fechar de maneira súbita meus olhos e começar a me concentrar em minhas respiração. Aspirando e inspirando por longos minutos.
Quando finalmente abro meus olhos, busco transferir lentamente minha energia até seu sistema nervoso em um processo acompanhado de um profundo silêncio. Com seu sistema infectado pelo meu Chakra, começo a fazê - ló correr sem preconceito em direção a todos os seus cinco sentidos. Por fim, começo a fazer os selos de mão lentamente várias vezes seguidas, como se estivesse praticando com o invisível.
Faço os selos de maneira rápida e concentrado depois desse tempo, esperando para ver o resultado. A vitima começa a soar, gritar como se estivesse tendo sua pele sendo queimado e seu oxigênio sugado. Era uma cena, de certa forma cruel e ainda sim, confirmava meu sucesso.
Cancelo o Jutsu.
Jutsu Treinado:

Magen • Jigoku Kouka no Jutsu
(Ilusão Demoníaca • Técnica da Descida do Inferno)
Quem Usa: Akadou Yoroi
Rank: B
Selos: Galo, Cachorro, Cabra
Descrição: É um genjutsu que faz com que o oponente veja uma grande bola de fogo, que cai do céu e queima tudo. O inimigo imagina o calor, as queimaduras, e a intensa dor, levando a realmente sentir tal efeito

Voltar ao Topo Ir em baixo

Convidado
Convidado está


Mensagem por Convidado em Seg Set 12, 2016 1:55 am

Eu vejo o pássaro voar assustado, confuso com tudo que acabou de acontecer. Não falo a linguá das aves mas, se falasse, eu poderia dizer que o mesmo deveria está sem acreditar no que viveu e sentiu. Provavelmente estaria traumatizado se tivesse tamanha consciência. Por um momento fugaz enquanto descansava frago minha mente fervilhando sobre esse pensamento fúnebre e suas possibilidades.
É notório o gosto de Chakra que esse Jutsu tem sobre meu corpo. Seu poder vem a um grande preço para minhas reservas. Meus corpos inicialmente tremem de fraqueza, acostumando - se lentamente com o novo nível. Continuo a ler, focado nas palavras e instruções do pergaminho da próxima técnica que pretendo aprender: A Técnica Ilusória da Inconsciência. Que, em termo bruto, trata - se de um Genjutsu que iria fazer a vitima adormecer.
Apenas respiro, ainda com um olhar frio expressado em minha face quando começo a repetir os selo de mão necessário de uma maneira programática e robótica. Minha respiração se encontra lenta, controlada a medida que tentava equilibrar meu chakra interior. O imaginando em meus pensamentos, focando - me na imagem do mesmo rodando em um ritmo equilibrado e natural.
Minutos foram necessários antes que eu pudesse sentir minha energia em harmônia. Meus olhos filtraram a figura da vitima, um pássaro parado tranquilamente á alguns metros de mim depois de um, possivelmente, cansativo voo. Buscando, totalmente ignorante a sua volta, um alimento em meio a esse solo e rochas.
Mantenho o selo do Tigre feito durante todo o processo.
Inundei seu sistema nervoso como no Jutsu que fiz primeiramente, sem focar, meu chakra procurava entorpecer sua vitima, relaxar todos os seus sentidos até que a cobaia tombou ao chão, dormindo pesadamente.
Jutsu Treinado:

Nehan Shouja no Jutsu
(Técnica Ilusória da Inconsciência)
Quem Usa: Kabuto Yakushi, Yuuhi Kurenai e Uchiha Itachi
Rank: B
Selos: Tigre
Descrição: Técnica de Genjutsu que faz várias pessoas entrarem num estado de inconsciência.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Convidado
Convidado está


Mensagem por Convidado em Seg Set 12, 2016 3:12 am

Desfaço o Jutsu, observando a vitima acordar de maneira lenta e sonolenta. Demorando segundos a fio antes de recordar aonde estava e o que fazia. Um minuto se passou e ele partia em paz, muito diferente de minha primeira cobaia de treinamento. Eu sentava, pegando de minha mochila o terceiro pergaminho. Kokohi Tatakai era o nome da técnica que seria treinada. A li diversas vezes enquanto traspassaria uma mistura de seriedade e foco de minha face.
Contemplava cada detalhe do mecanismo do que irei aprender, tomando o máximo de atenção com o intuito de não deixar nada escapar de meu olhar analítico. Era uma técnica aonde eu precisaria sofrer a ameaça de um ataque para comprovar sua eficiência e funcionalidade. Ou seja, mesmo que pouco, esse treino pode acarretar risco para minha carne e sangue.
Observo os arredores, esperando uma ave pousar nas proximidades. Ela finalmente aparece depois de alguns minutos, descansando á alguns metros de minha pessoa. Faço um selo de mão e começo a concentrar meu chakra, o equilibrando com relativa facilidade. A respiração está normal e minha expressão não tem nenhuma alteração perceptível de emoção ou sentimento.
Me aproximo de meu alvo, nitidamente tentando captura - ló. Esse tipo de ação, quando repentina, faz o instinto dos animais surgirem em forma de um ataque e fuga rápida geralmente. Foi o que aconteceu porém, o ataque de suas garras era bem real. Se não fosse pelos meus reflexos velozes, eu teria recebido mais do que um corte raso. Sem sangue, apenas uma dor incomoda que logo trato de ignorar.
A dor se mantem enquanto minha face não muda sua postura, novamente equilíbrio meu chakra anterior e faço um selo de mão na esperança de ter colocado meu próximo alvo em uma ilusão que, faça seu futuro ataque voltar contra si próprio. Novamente provoco o pássaro que escolhi como cobaia entretanto, dessa vez, o mesmo não chegou mesmo a me atacar. Apenas fez a posição de ataque e caiu se contorcendo, como se acabasse de se ferir com suas próprias garras á alguns centimilímetros de minha pessoa.
Desfaço o Jutsu.
Jutsu Treinado:

Kokohi Tatakai
(Técnica Ilusória da Confusão)
Quem Usa: Uchiha Itachi, Kurenai Yuuhi
Rank: B
Nota: O Genjutsu atinge todos no local (menos o usuario ou as pessoas que ele não quer atingir).
Nota²: Genjutsu usado apenas por especialistas.
Descrição: O usuário cria uma ilusão sem o oponente perceber, e deixa o mesmo atacar, so que o ataque na verdade invés de ferir o oponente, feri a si mesmo, podendo causar a morte dependendo do ataque, e enquanto o usuário do genjutsu fica parado o tempo todo e sem ferimentos.

Voltar ao Topo Ir em baixo

Convidado
Convidado está


Mensagem por Convidado em Seg Set 12, 2016 4:15 am

Pego de minha mochila a garrafa de água, tomando os goles de maneira calma e serena. Já sentia meu corpo fraco pelo gasto de Chakra e meus ossos tremendo. Fico sentado, tentando regulamentar minha respiração para uma normalização. aspirando e inspirando de segundo á segundo. Sinto o corte suave em meu braço, longe de sair sangue ou realmente doer. Entretanto, o incomodo em minha carne era algo difícil de ignorar completamente.
Leio o ultimo pergaminho, vendo logo que era um Jutsu mais simples do que os demais.  Raigen Raikouchuu, uma ilusão que simula uma luz forte o suficiente para deixar seu alvo sem enxergar para alguns segundos. Por mais que seja simples, pode - se mostrar extremamente útil se for bem usado em missões ou confrontos.
Faço os selos de mão, fechando meus olhos e lentamente circulando minha energia com um equilíbrio similar a imagem de Ying e Yang em meu interior. Após isso, escolho um pássaro aleatório como alvo. Concentrando o meu Chakra e de maneira relativamente lenta, transferir minha energia para seu sistema nervoso. Concentrando o meu Chakra invasor para o seu sentido visual e o fazer ficar cego temporariamente.
Sua expressão muda e seus olhos fecham como se estivessem sendo vitimas de uma luminosidade excessiva.  
Cancelo o Jutsu e não espero ele voar, guardo as minhas coisas e os pergaminhos na mochila e começo a descer a montanha sob as luz das estrelas que já anoiteceram.
Jutsu Treinado:

Raigen Raikouchuu
(Cegueira Luminosa)
Quem Usa: Shii
Rank: C
Selos: Tigre, Cobra, Cavalo, Bode
Descrição: Shii utiliza isso para deixar o adversário sem enxergar nada como um combo combinado com o Raikage para ele usar o Raiton Raiga Bakudan.
Fim do Treinamento Semanal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Conteúdo patrocinado
Conteúdo patrocinado está


Mensagem por Conteúdo patrocinado

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum